Jordan

    Ele nasceu um ano, um mês e um dia depois que nasci. Minha avó conta que meu pai entrou em casa bradando que havia nascido um macaquinho de “suíça”. Dizem que o moleque nasceu feio... eu não sei, só tinha um anininho, um mês e um dia. Lembro de uma foto [que amo], onde estou agachada, de olhos arregalados, olhando ele no berço.
    Quando criança a gente estava sempre junto, na ida pra escola, na pendência do reforço, no pão com “simba”, nos pulos do guarda-roupas pra cama, nas escaladas de parede do corredor, nas tardes em frente á tv assistindo “os trapalhões”... e principalmente nas “petecas cheias  d’água”, como a gente costuma dizer, quando acabava o filme e o Didi sempre se dava mal. Ficávamos lá, eu e ele, como nossos grandes olhos cheios de lágrima. Até hoje é assim, choramos por tudo. Quando fomos crescendo e descobrindo as farras, estávamos nós, também juntos na iniciação à cerveja gelada. Acabamos até tendo nossas próprias saídas, nossas músicas, as canções que lembram um ao outro, como essa que está tocando. Lembro de uma vez que estávamos brigados [seriamente brigados], mas sentados com amigos na mesma mesa no “gela-guella” [um barzinho perto de casa], quando essa música tocou. De imediato olhamos um pro outro e toda zanga foi-se embora.
    Hoje é aniversário dele, do meu primeiro irmão, Jordan, ele quem me deu o nome “SANKA” que amo. Queria que ele soubesse que sinto falta dele, de dormir no seu quarto assistindo filme, de almoçar todo mundo junto, de ouvir “Amanda, a Samara tem razão, é irmã mais velha...” sempre acompanhada de muitas risadas. Sinto falta até mesmo de ser acordada pelo “bebo véi" às gargalhadas de madrugada, quando colocava o “Felic” [meu cachorro de pelúcia] pra latir no meu ouvido.
    Queria dizer, Manim, que vou SEMPRE estar ao seu lado no que precisar [e no que não precisar também]. Amo muito você e desejo que todos os anjos se reúnam em oração para te proteger e te fazer feliz. E lembre que além de sermos irmãos, somos amigos, e amigo “é pra essas coisas”. Afinal, “apreço não tem preço”.

Amigo é pra essas coisas
(Sílvio da Silva Junior e Aldir Blanc)


Salve, como é que vai...
Amigo a quanto tempo...
Um ano ou mais.....
Posso sentar um pouco?
Faça o favor.
A vida é um dilema...
Nem sempre vale a pena...
Ah...
O que é que há?
Rosa acabou comigo.
Meu Deus, porquê?
Nem Deus sabe o motivo.
Deus é bom!
Mas não foi bom pra mim...
Todo amor um dia chega ao fim

Triste!
É sempre assim...
Eu desejava um trago...
Garçon, mais dois!
Nem sei como eu lhe pago...
Se vê depois...
Estou desempregado.
Você está mais velho...
É!
Vida ruim...
Você está bem disposto.
Também sofri.
Mas não se vê no rosto.
Pode ser...
Você foi mais feliz...
Dei mais sorte com a Beatriz!

Pois é...
Tudo bem...
Pra frente é que se anda.
Você se lembra dela?
Não.
Lhe apresentei...
Minha memória é fogo...
E o l'argent?
Defendo algum no jogo.
E amanhã?
Que bom se eu morresse!
Pra que rapaz?
Talvez Rosa sofresse...
Vá atrás...
Na morte a gente esquece!
Mas no amor a gente fica em paz.
Adeus.
Toma mais um...
Já amolei bastante.
De jeito algum...
Muito obrigado amigo.
Não tem de que.
Por você ter me ouvido.
Amigo é pra essas coisas...
É.
Toma um Cabral.
Tua amizade basta.
Pode faltar.
O apreço não tem preço.
Eu vivo ao Deus-dará

sanka e jordan



- Postado por: Sanka às 10h50
[ ] [] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________





..Sanka..

SomdeCordeMim

Som de cor de mim
Veja em mim o som da cor
Me dê cor, se ouvir um som
Ouça o som, se vir a cor
E se quiser,
Me veja mais
Mais que jamboaçaígoiaba clara,
Veja mel no negroazulescuro dos meus olhos
Toque o liláslaranjaardente do meu peito
E dance um bluseadoreggaedance compassado
Depois, [se estiver demais cansado]
Mergulhe fundo no céu azul de amaralina
Que tirintila no almofadar do meu pensamento...

..Sanka..





ela é essencialmente assim. tem variáveis. muitas. mas é gargalhada que quer pra vida toda. e vermelho. muito vermelho.


é dele, o coração dela.
Naka.



tantas histórias:

- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 21/01/2007 a 27/01/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 31/12/2006 a 06/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 12/11/2006 a 18/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 17/09/2006 a 23/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006



outras cores, sons queridos:

- adelia theresa campos
- anucha
- brinquedoteca [liannara]
- borboleteando [lícia]
- artes com trastes e traquinagens [sayô]
- balada do amor inabalavel [bia]
- cantos gerais [luizinho]
- brincando com clarinha [márcia]
- conversa de terapeuta
- conversa de mulheres [cherry]
- diário de mim mesma
- epiderme da alma [lela]
- entretantas-eu [jana]
- donaella
- heart's place [drika]
- indianira
- identida de perdida [clarice]
- loba
- lu
- mari
- o dono do bar
- oda mae [rosa]
- rainha de copas
- qual é a dúvida [pinho]
- ventania desvairada [rê]
- vera
- uma quimica insandecida [grazi]
- semeando palavras [kathy]
- blonicas


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog



Contador:

Layout por