2007. Não fiz listas. Não fiz planos. Não comprei agenda, nem anotei as metas. Não arrumei os armários, nem defumei a casa. Não comi sete uvas, nem tampouco pulei sete ondas do mar. Este ano não pensei na cor que vestiria, nem me preocupei em comprar calcinha nova. Coloquei meu vestidinho preto, prendi os cachos com uma presinha de strass, e saí sem os óculos. Rompi o ano, mais uma vez, vendo meu amor tocar. E como tantas outras vezes, encostei no palco, disse, e ouvi “eu te amo”. Abracei os amigos, desejei coisas boas pra mim e pra eles, dancei até os pés pedirem arrego, vi o sol nascer, tomei cerveja até dizer chega, e passei o primeiro dia do ano dormindo. Risquei do meu vocabulário “a partir de”, por isso não me preocupei com a segunda-feira, com o primeiro dia do ano que iniciou. Estou agora no mesmo trabalho, com os mesmos problemas e com as mesmas contas pra pagar. Mas não sou a mesma. Não porque mais uma folha de calendário voou. Ao longo deste ano fiz descobertas incríveis dentro de mim, com a ajuda de uma pessoa em especial, e mais do que especial. Por conta dela, de coisas simples que ela me faz ver, tenho olhado pra mim de outro jeito, e tenho tentado compreender como funciona esse complexo engenho aqui de dentro. Falta muito, eu sei. Mas Lela, é impagável a sensação de saber-me. E agora eu sei. Graças a você, EU SEI. E minha amiga, tenha certeza, o ano de 2006 vai ser marcado por essa descoberta, pela felicidade de ter te conhecido, mesmo com essas limitações físicas, dessa distância que me impede o abraço.

 

Então, queridos, eu digo... tentei, e tenho tentado, receber esse ano, como mais um passo, mais um tijolo, mais um dia na construção da minha vida. Preciso arrumar meus armários, comprar uma agenda, estabelecer metas [pequenas, né Lela?]. Mas não farei isso porque virou o ano. Farei porque sinto que assim estarei no caminho certo para o que eu acredito, me fará bem.

 

Se eu pudesse desejar em uma única palavra, o que desejo para todos nós, desejaria HARMONIA. Essa palavra que me remete à equilíbrio, à proporcionalidade. Desejo que tenhamos nem tantas alegrias que nos façam esquecer do irmão, e nem tantas tristezas que nos abale a fé. Que os dias em que haja muita chuva seja seguido de um pouco de sol. Que se o calor for tanto que nos tire o humor, amanheça um dia ‘bonito pra chover’, nem que não chova, mas que nos traga sensação de alívio. Não teremos nunca “todos os sonhos realizados”, mas podemos sentir prazer na possibilidade, e na busca da realização. Harmonia! É o que quero pra mim. É o que desejo pra você.

 

E ó, Braguinha sabia das coisas: “A vida só gosta de quem gosta da vida”.

 

Beijos!

 na vitrola: "Deixa Chover" - Guilherme Arantes



- Postado por: Sanka às 12h41
[ ] [] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________





..Sanka..

SomdeCordeMim

Som de cor de mim
Veja em mim o som da cor
Me dê cor, se ouvir um som
Ouça o som, se vir a cor
E se quiser,
Me veja mais
Mais que jamboaçaígoiaba clara,
Veja mel no negroazulescuro dos meus olhos
Toque o liláslaranjaardente do meu peito
E dance um bluseadoreggaedance compassado
Depois, [se estiver demais cansado]
Mergulhe fundo no céu azul de amaralina
Que tirintila no almofadar do meu pensamento...

..Sanka..





ela é essencialmente assim. tem variáveis. muitas. mas é gargalhada que quer pra vida toda. e vermelho. muito vermelho.


é dele, o coração dela.
Naka.



tantas histórias:

- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 21/01/2007 a 27/01/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 31/12/2006 a 06/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 12/11/2006 a 18/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 17/09/2006 a 23/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006



outras cores, sons queridos:

- adelia theresa campos
- anucha
- brinquedoteca [liannara]
- borboleteando [lícia]
- artes com trastes e traquinagens [sayô]
- balada do amor inabalavel [bia]
- cantos gerais [luizinho]
- brincando com clarinha [márcia]
- conversa de terapeuta
- conversa de mulheres [cherry]
- diário de mim mesma
- epiderme da alma [lela]
- entretantas-eu [jana]
- donaella
- heart's place [drika]
- indianira
- identida de perdida [clarice]
- loba
- lu
- mari
- o dono do bar
- oda mae [rosa]
- rainha de copas
- qual é a dúvida [pinho]
- ventania desvairada [rê]
- vera
- uma quimica insandecida [grazi]
- semeando palavras [kathy]
- blonicas


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog



Contador:

Layout por