Queridíssimos, o blog vai ficar off, enquanto eu tento resolver esse problema no template. Não aguento mais esse brancão.

 

Inté!

Beijoconas!



- Postado por: Sanka às 09h25
[ ] [] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Eu já previa que seria muito difícil falar dela. Várias vezes eu tentei escrever um texto onde coubesse um terço do que sinto. Nunca consegui. Não há como descrever a luz que vem do sorriso dela, a maneira como os olhos brilham e se pode ver quanto amor ela tem. Agora, enquanto escrevo, várias vezes paro, e posso vê-la na minha frente; e abro um sorriso, e calo pra ver o sorriso dela. E emudeço diante te tanta coisa indescritível, indizível, incomensurável.

Tenho um orgulho imenso dessa mulher, e uma gratidão maior ainda.  Orgulho de como ela conduziu a separação, mesmo sofrendo muito. A maneira como ela nos criou, nos livrando da mágoa tão comum às mulheres numa situação dessas.  De como ela foi sábia, generosa, bondosa. Orgulho de nunca ter ouvido ela dizer uma única palavra que desabonasse meu pai ou a mulher com quem ele foi viver, e que anos mais tarde, quando o tempo se encarregou de fechar as feridas, se tornou nossa “mãe II” e amiga dela. Gratidão por ela nos dar a oportunidade de crescer sem rancor, mágoa ou ódio, por ela não ter plantado essa semente.

Mãe, o amor que eu sinto é tão grande, a sua presença em mim é tão forte, que é difícil falar. A sua beleza é tão imensa, que é impossível descrever.

Guardo então, o seu jeito de cantar as músicas com os dedinhos pra cima, como se estivesse interpretando; a senhora dizendo “eu sou como Gabriela... nasci assim, cresci assim, vou ser sempre assim...”; com todas as palavras, onomatopéias e dizeres que inventa; com a gargalhada inclinando a cabeça pra traz como quem deixa a alegria explodir; com o rebolado no samba miudinho que só a senhora sabe fazer; aquela sopa de galinha, o café da tarde, o embalado da rede no quintal... são tantas coisas dela, próprias, autênticas. Todas coisas simples, brejeiras, pueris... LINDAS.

 

É por isso, mãe, que hoje, e sempre, te desejo saúde, harmonia, alegria. Que Deus nos conceda muitos anos de vida, para que possamos compartilhar ainda mais esse amor, que sei, temos de sobra.

 

Te amo, mamis.

 

 

 

na vitrola: Eu sei que vou te amar - Tom e Vinícius

[porque ela adora que eu cante essa música, e recite 'Soneto de Fidelidade'] 



- Postado por: Sanka às 13h12
[ ] [] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________





..Sanka..

SomdeCordeMim

Som de cor de mim
Veja em mim o som da cor
Me dê cor, se ouvir um som
Ouça o som, se vir a cor
E se quiser,
Me veja mais
Mais que jamboaçaígoiaba clara,
Veja mel no negroazulescuro dos meus olhos
Toque o liláslaranjaardente do meu peito
E dance um bluseadoreggaedance compassado
Depois, [se estiver demais cansado]
Mergulhe fundo no céu azul de amaralina
Que tirintila no almofadar do meu pensamento...

..Sanka..





ela é essencialmente assim. tem variáveis. muitas. mas é gargalhada que quer pra vida toda. e vermelho. muito vermelho.


é dele, o coração dela.
Naka.



tantas histórias:

- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 21/01/2007 a 27/01/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 31/12/2006 a 06/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 12/11/2006 a 18/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 17/09/2006 a 23/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006



outras cores, sons queridos:

- adelia theresa campos
- anucha
- brinquedoteca [liannara]
- borboleteando [lícia]
- artes com trastes e traquinagens [sayô]
- balada do amor inabalavel [bia]
- cantos gerais [luizinho]
- brincando com clarinha [márcia]
- conversa de terapeuta
- conversa de mulheres [cherry]
- diário de mim mesma
- epiderme da alma [lela]
- entretantas-eu [jana]
- donaella
- heart's place [drika]
- indianira
- identida de perdida [clarice]
- loba
- lu
- mari
- o dono do bar
- oda mae [rosa]
- rainha de copas
- qual é a dúvida [pinho]
- ventania desvairada [rê]
- vera
- uma quimica insandecida [grazi]
- semeando palavras [kathy]
- blonicas


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog



Contador:

Layout por